+351 262 824 654
+351 966 884 333

geral@livrariaalfarrabista.com
AUTORES
Adolfo Casais Monteiro
Adolfo Coelho
Afonso Correia
Afonso Duarte
Afonso Lopes Vieira
Agustina Bessa Luís
Al Berto
Alberto Bramão
Alberto de Lacerda
Alberto de Serpa
Alberto de Sousa
Alberto Ferreira
Alberto Pimenta
Alberto Pimentel
Albino Forjaz de Sampaio
Albino Lapa
Alexandre Herculano
Alexandre O´ Neill
Alfredo Gândara
Alfredo Lamas
Alfredo Mesquita
Alfredo Pimenta
Alice Vieira
Almeida Garrett, J. B. De
Alvaro Feijó
Alves Redol
Amália Rodrigues
Ana Hatherly
André Breton
Antero de Figueiredo
Antero de Quental
António Aleixo
António Aragão
António Barahona da Fonseca
António Botto
António de Cértima
António de Navarro
António dos Santos Rocha
António Feijó
António Feliciano de Castilho
António Ferro
António Gedeão ( Rómulo de Carvalho )
António José Forte
António Lobo Antunes
António Maria Lisboa
António Nobre
António Patrício
António Pedro
António Ramos Rosa
Antunes da Silva
Aquilino Ribeiro
Armando Ferreira
Armindo Rodrigues
Artur Anselmo
Augusto Abelaira
Augusto Gil
Augusto Reis Machado
Azinhal Abelho
Baltazar Estaço
Baptista Bastos
Bento Carqueja
Brandao de Brito
Branquinho da Fonseca ( António Madeira )
Cabral do Nascimento
Caldwell
Camilo Castelo Branco
Carlos de Oliveira
Carlos de Passos
Carlos Eurico da Costa
Carlos Ferrão
Carlos Selvagem
Castro Soromenho
Celestino Gomes
Cesário Verde
Chagas Franco
Costa Barreto
Cruzeiro Seixas
Cunha Leal
Daniel Filipe
David Mourão Ferreira
Dino Preti
Diogo Caminha
Diogo do Couto
Domingos Monteiro
E. M. de Melo e Castro
Eça de Queiroz
Eduardo de Noronha
Eduardo Gageiro
Eduardo Scarlatti
Elísero Pinto
Ernesto M. de Melo e Castro
Eugénio de Andrade
Eugénio de Castro
Faure da Rosa
Federico García Lorca
Fernanda Botelho
Fernanda de Castro
Fernando Guimarães
Fernando Lopes Graça
Fernando Namora
Fernando Pessoa
Ferreira de Castro
Florbela Espanca
Francisco de Sousa Neves
Francisco Rodrigues Lobo
Franco Nogueira
Gentil Marques
Gervásio Lima
Gervásio Lobato
Gomes de Brito
Graça Pina de Morais
Guedes de Amorim
Helder de Macedo
Helena Malheiro
Henrique Galvão
Herberto Helder
Hipólito Raposo
Irene Lisboa
J. V. Jorge
Jaime Cortesão
João Barreira
João Cesar Monteiro
João de Araújo Correia
João de Barros
João de Deus
João Gaspar Simões
João Miguel Fernandes Jorge
Joaquim Leitão
Joaquim Manuel Magalhães
Joaquim Paço D´Arcos
Joaquim Pessoa
Joaquim Vieira Natividade
Jorge de Sena
Jorge Guimarães
José Blanc de Portugal
José Cardoso Pires
José Carlos Ary dos Santos
José de Almada Negreiros
José Duro
José Ferreira Monte
José Gomes Ferreira
José Jorge Letria
José Loureiro Botas
José Malhoa
José Régio
José Rodrigues Migueis
José Saramago
José-Alberto Marques
Julieta Ferrão
Júlio Dantas
Julio de Castilho
Leonel Neves
Lourenço Chaves de Almeida
Luandino Vieira
Luis de Sttau Monteiro
Luís Forjaz Trigueiros
Luís Varela Aldemira
Luís Veiga Leitão
Luiz de Figueiredo da Guerra
Luiz Pacheco
Luiza Neto Jorge
Magalhães Lima
Manuel Alegre
Manuel Bandeira
Manuel Breda Simões
Manuel da Fonseca
Manuel de Campos Pereira
Manuel de Sousa Pinto
Manuel Geraldo
Manuel Grangeio Crespo
Manuel Lima
Manuel Múrias
Manuel Pinheiro Chagas
Manuel Ribeiro
Manuel Vieira Natividade
Marcelo Caetano
Maria Alberta Menéres
Maria da Graça Azambuja
Maria Gabriela Llansol
Maria Lourdes de Castro
Maria Ondina Braga
Maria Teresa Horta
Mariano Calado
Mário Braga
Mário Cesariny de Vasconcelos
Mário Cláudio
Mário de Sá Carneiro
Mário Henrique Leiria
Mario Saa
Mário Soares
Máximo Lisboa
Miguel Esteves Cardoso
Miguel Torga
Natália Correia
Natércia Freire
Nuno de Montemor
Nuno Júdice
Orlando de Albuquerque
Pedro Dias
Pedro Homem de Mello
Pedro Mayer Garção
Pedro Oom
Pedro Tamen
Pedro Vitorino, Dr.
Políbio Gomes dos Santos
Rafael Bordalo Pinheiro
Ramalho Ortigão
Raul Brandão
Raul de Carvalho
Raul Leal
Raul Lino
Raúl Perez
Raul Rêgo
Reynaldo dos Santos
Ricardo Reis
Rocha Martins
Rogério de Freitas
Romeu Correia
Ruben A
Rui de Melo
Rui Knopfli
Ruy Belo
Ruy Cannas
Ruy Cinatti
Salette Tavares
Samuel Maia
Sebastião da Gama
Sidónio Muralha
Silva Tavares
Soeiro Pereira Gomes
Sophia de Mello Breyner Andresen
Sousa Costa
Taborda de Vasconcelos
Teixeira de Pascoaes
Teixeira de Sousa
Telo de Mascarenhas
Teófilo Braga
Thiago de Mello
Tomás da Fonseca
Tomaz Tavares de Sousa
Urbano Tavares Rodrigues
Valeriano de Campos
Vasco Graça Moura
Vergilio Correia
Vergilio Ferreira
Victor Palla
Virgílio Arruda
Virgílio Martinho
Vitor Serrão
Vitorino Nemésio
Wenceslau de Moraes
Y. K. Centeno
Aquilino Ribeiro
Livros por página
(Ref. 18271)
Ano: 1958    1ª Edição
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 411(1) páginas; Brochado
São Paulo; Editora Liberdade e Cultura; In-8º de 112 páginas; Brochado

Conjunto das duas polémicas obras apreendidas pelo regime.
No ano da apreensão de "Quando os Lobos Uivam" foi publicado no Brasil "Quando os Lobos Uivam a Justiça Uiva", obra igualmente apreendida.
Devido a estes acontecimentos seguiu um processo, que decorreu durante vinte mese, tendo a preparação da defesa sido feita pelo próprio Aquilino, na altura com 73 anos, o  advogado Dr. Heliodoro Caldeira e Manuel Mendes, amigo de Aquilino. Este processo foi arquivado, possivelmente por o regime temer as repercussões nacionais e internacionais da perseguição movida contra o escritor.
“O nosso conhecido mêdo de enfrentar a verdade (o mêdo de um povo que para tal foi educado, desde séculos antes de ter sido salazariado), o falso optismo do ‘talvez não seja tanto assim’, que é a reacção dos que ainda querem salvar uma mísera comodidadezinha, pouco acima do nível da fome e paga à fôrça de abdicações morais e espirituais — eis o terreno no qual a ditadura não teve dificuldade em firmar os alicerces do seu monstruoso culto de coisa-nenhuma, o auto-endeusamento da violência que só ama a si mesma. Porque um povo que fecha os olhos de dentro ao que os olhos virados para fora lhe estão mostrando a cada instante, é um povo pronto a abdicar da sua vontade nos altares da tirania (...) Aqui está Aquilino Ribeiro, na idade em que se convencionou que as pessoas só estão boas para a reforma, pondo a heróicamente a nú, nas páginas de Quando os Lobos Uivam, a verdadeira face do Estado Novo, revelando como êle ‘resolve’ os problemas nacionais, como o povo é para a sua máquina implacável um pormenor sem importância — e mostrando como se faz a sua ‘justiça’. E agora, arrastado para o banco dos réus, não cedendo um palmo perante o cêrco dos cães de fila da ditadura, não se deixando abater, e, pelo contrário, forjando novas armas do auto-retrato da sua infâmia que o regime lhe ofereceu para acusá-lo, eis o grande escritor em tôda a juventude do seu espírito e da sua dignidade de homem e de escritor, recusando-se a dormir à sombra dos louros, num exemplo admirável de inabalável firmeza. O contraste entre os ‘raciocínios’ tortuosos de juízes indignos e a nobre clareza da defesa, entre a hipocrisia, o ódio vesgo, a má-fé das ‘razões’ alegadas contra Aquilino Ribeiro, e a sua desassombrada resposta, é um vivo retrato datriste figura do mesquinho mundo, da mentalidade celular do regime perante a figura do Portugal verdadeiro (...)”. — do excepcional prefácio de Adolfo Casais Monteiro.
Exemplares com ténues sinais de manuseamento nas capas de brochura, miolo em bom estado de conservação. Um dos livros possui assinatura de posse.
Preço:
45€
(Ref. 17985)
Ano: 1962    1ª Edição
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de (32) páginas; Ilustrado; Brochado

Obra número VI da colecção "Arca de Noé, III Classe" com ilustrações de Luís Filipe de Abreu.
Exemplar em bom estado de conservação geral.
Preço:
22€
(Ref. 17366)
Ano: 1958    1ª Edição
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 411(1) páginas; Brochado

Exemplar com acidez e sinais de manuseamento nas capas de brochura e lombada. Miolo em bom estado de conservação.
Preço:
25€
(Ref. 13996)
Ano: 1972
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 281(3) páginas; Brochado

Exemplar em bom estado de conservação geral. Possui assinatura de posse.
Preço:
17.50€
(Ref. 13999)
Ano: 1959
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 343(3) páginas; Brochado

Exemplar em bom estado de conservação geral. Possui assinatura de posse.
Preço:
17.50€
(Ref. 13998)
Ano: 1961
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 305(7) páginas; Brochado

Exemplar com picos de acidez nas capas de brochura, miolo em bom estado de conservação geral. Possui assinatura de posse.
Preço:
17.50€
(Ref. 13844)
Ano: s/d    1ª Edição
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 309(3) páginas; Brochado

3º milhar.
Exemplar com ligeiros picos de acidez e sinais de manuseamento nas capas de brochura, miolo em bom estado de conservação.
Preço:
30€
(Ref. 13095)
Ano: 1961
Lisboa; Livraria Bertrand; In-8º de 320(4) páginas; Brochado

Exemplar em bom estado de conservação geral. Possui assinatura de posse.
Preço:
17.50€
 1  2  Seguinte

 CARRINHO COM 4 ARTIGOS
Artigo
Preço€ 
MONOGRAFIA DE MATOSINHOS
75.00€ 
Escola-Officna das GRADES VERDES - Exposição de Lavores Femininos (Porto)
60.00€ 
PORTUGAL EM SELOS 1995
40.00€ 
TRÊS QUADROS DE MALHOA
15.00€ 
Valor dos artigos:
Número de artigos:
Custos de envio:
€ 
TOTAL DA ENCOMENDA:
€ 
NEWSLETTER
E-mail:
Se deseja receber no seu e-mail novidades sobre os nossos artigos, coloque o seu endereço de E-mail e clique em Subscrever

  Autorizo que o meu e-mail seja utilizado para o envio de informações comerciais(newsletter, lista de novidades,…)
O nosso website usa cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar, está a consentir a utilização de cookies      ENTENDI LER MAIS